Polícia Civil identifica autoria de furto de luminárias

Conforme as primeiras suspeitas, foram utilizados equipamentos específicos para a retirada das 15 lâmpadas instaladas em quatro postes da avenida Bento Gonçalves.

Foto: Divulgação/PMPA.

A concessionária IPSul e a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) colheram informações para subsidiar a investigação do furto de lâmpadas de LED, ocorrido no final de outubro. Com base nos dados entregues pela concessionária, a Polícia Civil identificou a autoria do crime.


Conforme as primeiras suspeitas, foram utilizados equipamentos específicos para a retirada das 15 lâmpadas instaladas em quatro postes da avenida Bento Gonçalves, o que já indicava a participação de profissionais da área. Um funcionário da empresa que prestava o serviço de manutenção da iluminação pública de Porto Alegre admitiu a participação no furto e será indiciado. A Polícia ainda investiga a participação de outras pessoas.


Nos próximos dias, diretores da concessionária irão reunir com autoridades da área da segurança pública para tratar do tema e ressaltar que a modernização da iluminação pública será fator fundamental para a busca da diminuição dos índices de criminalidade.