Nova iluminação da Capital recebe primeiras luminárias de LED em projeto-piloto


Testes do novo sistema começaram a ser feitos na avenida Assis Brasil. Foto: Cesar Lopes

A avenida Assis Brasil recebeu, nesta quarta-feira, 2, à noite, a substituição de luminárias de vapor de sódio por lâmpadas de LED em novos pontos. As primeiras trocas tinham sido feitas na noite de terça-feira, quando foram iniciados os testes do projeto-piloto da parceria público-privada (PPP) entre a prefeitura e a concessionária IP Sul para a modernização da iluminação pública de Porto Alegre. Inicialmente, serão substituídas mais de 2 mil luminárias, em um cronograma que vai incluir também as avenidas Bento Gonçalves, Nonoai, Cavalhada e Ipiranga e a Vila Planetária, no bairro Santana.  

 

Na Bento Gonçalves, as intervenções ocorreram nas proximidades com a avenida Bernardino Silveira Amorim. O projeto-piloto dará à população a oportunidade de ver como ficará a nova iluminação da capital e vai possibilitar que sejam feitas adaptações, se forem necessárias. 


A assinatura do contrato desta primeira PPP firmada no Rio Grande do Sul ocorreu no último dia 17 de junho. O consórcio vencedor, IP Sul, é formado pelas empresas Quantum Engenharia, GCE S/A, Fortnort Desenvolvimento Ambiental e Urbano e STE Serviços Técnicos de Engenharia. Ficará responsável pelo parque de iluminação de Porto Alegre pelos próximos 20 anos.


Com esse modelo de parceria, a administração municipal deverá ter uma economia de R$ 10 milhões por ano em despesas com iluminação. A estimativa é de redução de 50% na conta de energia pública. Ao longo do contrato, deverão ser feitos investimentos de R$ 400 milhões pela concessionária, para garantir mais segurança aos 1,5 milhões de moradores de Porto Alegre - do Centro à periferia.


Texto: Jackson Lagoas


Matéria completa no site da Prefeitura Municipal de Porto Alegre.